Tecidos – Seda

A seda é tecida a partir dos longos fios que constituem o casulo interno de um bicho-da-seda. O tecido de seda é feito da fibra que é gerada pelos bichos-da-seda quando formam os casulos para o estágio antes de se tornarem mariposas. Para colher a seda, muitos bichos-da-seda são mortos.

A seda tem uma intensidade de emissões relativamente alta, principalmente nas etapas de produção de fios e tecidos. Na verdade, sua cadeia de suprimentos é uma das mais intensivas por quilo, segundo a Sustainable Apparel Coalition.

Também é muito importante verificar as fontes, pois já houve relatos de trabalho escravo e abusos na produção de seda.

É possível encontrar alternativas menos letais para o processo de fabricação da seda. O método ahimsa, também conhecido como “seda da paz”, permite que a mariposa evacue o casulo antes de ser fervido, de maneira a não a matar, como a ‘seda Eri’ e ‘seda Tussar’.

Para aqueles que querem evitar a seda animal por seus impactos negativos, existem inovações em seda vegana que vale a pena observar, como a seda de aranha vegana, seda de fibra cítrica e de banana.

Fique de olho também: A empresa alemã Qmilch descobriu uma maneira de criar algo positivo a partir de uma indústria que desperdiça. O fundador da Qmilch, Anke Domaske, desenvolveu uma fibra biodegradável e livre de produtos químicos usando resíduos de leite.

No Brasil, busque marcas que trabalhem com o fornecedor “O Casulo Feliz” que nasceu em 1988, motivado pela ideia de reciclagem, compromisso com meio ambiente e responsabilidade social.

Fontes: Good On You, Sustainable Apparel Coalition, Modefica e O Casulo Feliz
Imagens: Google